Portal de Notícias Demonstrativo - Sua fonte de notícias na cidade de ...

Notícias Política

Confira o calendário de pagamento do Auxílio Brasil e Vale Gás

O investimento total para os pagamentos do Auxílio Brasil supera R$ 7,1 bilhões. Para este ano, o Auxílio Gás tem orçamento de R$ 1,9 bilhão.

Confira o calendário de pagamento do Auxílio Brasil e Vale Gás
Foto: Auxílio Brasil e Vale Gás são destinados a pessoas em situação de vulnerabilidade econômica. (Thiago Prudencio/Getty Images)
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Caixa Econômica Federal paga, nesta quarta-feira (19), a terceira parcela do Auxílio Brasil às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com o Número de Identificação Social (NIS) final 2.

A terceira parcela incluirá 3 milhões de famílias, aumentando para 17,5 milhões o total de famílias atendidas.

Cada uma delas receberá um repasse mínimo de R$ 400. De acordo com o Ministério da Cidadania, o investimento total para os pagamentos supera R$ 7,1 bilhões.

Confira o calendário:

Final do NIS/ Dia do pagamento

 

1/ 18 de janeiro

2/ 19 de janeiro

3/ 20 de janeiro

4/ 21 de janeiro

5/ 24 de janeiro

6/ 25 de janeiro

7/ 26 de janeiro

8/ 27 de janeiro

9/ 28 de janeiro

0/ 31 de janeiro

 

Auxílio-gás

O Auxílio-gás também paga hoje – retroativamente – às famílias cadastradas no CadÚnico, com o NIS terminado em 2, e segue o mesmo calendário regular de pagamentos do Auxílio Brasil.

Com duração prevista de cinco anos, o programa beneficiará 5,5 milhões de famílias até o fim de 2026 com o pagamento de 50% do preço médio do botijão de 13 quilos a cada dois meses. Atualmente, a parcela equivale a R$ 52.

Para este ano, o Auxílio Gás tem orçamento de R$ 1,9 bilhão. Só pode fazer parte do programa quem está incluído no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

FONTE/CRÉDITOS: Agência Brasil
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!