Portal de Notícias Demonstrativo - Sua fonte de notícias na cidade de ...

Notícias Mundo

Homem suspeito de invadir casas para cheirar e vestir calcinhas responde em liberdade

suspeito tinha sido preso na última sexta-feira (25)

Homem suspeito de invadir casas para cheirar e vestir calcinhas responde em liberdade
Homem invade casa para cheirar e vestir calcinhas em Prainha, no Pará (Foto: Reprodução)
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um homem foi flagrado por câmeras de segurança invadindo uma residência para cheirar e vestir calcinhas em Prainha, no oeste do Pará. Além do costume inusitado, ele ainda se masturbava com as peças íntimas e depois as colocava onde encontrou. O suspeito chegou a ser preso na última sexta-feira, mas agora responde em liberdade.

Nas imagens é possível ver o suspeito de bermuda e sem camisa tirando uma calcinha do varal e a cheirando inúmeras vezes. Ele, então, deixa o cômodo e, segundos depois, aparece vestido com a peça íntima de cor branca.

O homem era conhecido na comunidade como “cheirador de calcinha” em razão das invasões na zona rural da cidade.

O proprietário da casa invadida, Nicodemos Carvalho dos Santos, disse que a prática acontece há mais de 10 anos e que a esposa foi uma das vítimas. Ainda segundo o proprietário, a família já precisou se mudar pelo menos três vezes para fugir do suspeito. A residência fica localizada na comunidade Boa Vista do Cuçari, na zona rural do município.

— Há mais de 10 anos que estamos sendo abusados por esse cara. Fomos obrigados a mudar de casa duas, três vezes por causa desse maníaco. Ele entrava em casa, usava as roupas da minha esposa, se masturbava e deixava as roupas imundas na corda. Um cara que faz uma coisa dessas é doido ou está pedindo para morrer — disse Nicodemos.

Em nota, a Polícia Civil do Pará informou que o caso é investigado pela delegacia do município de Monte Alegre, no oeste do Pará, através de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). O envolvido responde em liberdade pelos crimes de invasão de domicílio e perseguição psicológica.

FONTE/CRÉDITOS: Mais Goiás
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!