Portal de Notícias Demonstrativo - Sua fonte de notícias na cidade de ...

Notícias Mundo

‘Pedra da morte’ do Japão se parte depois de quase mil anos

Segundo a mitologia japonesa guarda o espírito de um demônio vingativo do mundo exterior e mata imediatamente qualquer pessoa que a toque.

‘Pedra da morte’ do Japão se parte depois de quase mil anos
A Sessho-seki antes de se quebrar: referência mitológica no Japão ( Foto: Wikimedia Commons)
Imagens
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O ano de 2022 já cravou sua relevância na história – não bastasse a sequência da pandemia de covid-19, a Rússia deflagrou uma guerra com sua vizinha Ucrânia, também com reflexos mundiais. Haveria alguma referência paranormal sobre isso? Talvez no Japão: a rocha Sessho-seki (“pedra da morte”), que segundo a mitologia japonesa guarda o espírito de um demônio vingativo do mundo exterior e mata imediatamente qualquer pessoa que a toque, partiu-se ao meio no dia 7 de março.

Registrada como local histórico em 1957, a rocha vulcânica, localizada em Nasu, na prefeitura (província) de Tochigi (região de Tóquio), seria o cadáver transformado de Tamamo-no-Mae. Ela era supostamente uma bela mulher, conhecida por responder a qualquer pergunta que lhe fosse feita, cujo espírito estava possuído por uma raposa de nove caudas, ou kitsune – um espírito demoníaco conhecido por truques e ilusões usando disfarces. Tamamo-no-Mae fazia parte de um plano para seduzir e matar o imperador Toba, que reinou entre 1107-1123. Toba ficou doente como resultado da trama.

Descoberto, o espírito da raposa foi exposto e caçado por dois guerreiros mitológicos, e acabou por se incorporar na pedra Sessho-seki como último recurso. Ele liberava um gás venenoso que matava quem o tocasse. Supostamente, o kitsune só se acalmou depois que um sacerdote budista realizou rituais para fazer o espírito descansar.

FONTE/CRÉDITOS: Revista Planeta
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!